África, Escola de Negócios EENI Business School
Estudar na Guiné-Bissau, Bafatá, Gabú

Comércio exterior e negócios na Guiné-Bissau (castanha de caju)

Estudar na República da Guiné-Bissau, Bissorã, Bolama. Mestrados e Doutoramentos em Comércio Exterior

A Guiné-Bissau é um país da África Ocidental

  1. A capital da Guiné-Bissau é Bissau (400.000 pessoas)
  2. As maiores cidades bisauguineanas são Bissau, Bafatá, Gabú, Bissorã, Bolama, Cacheu, Bubaque, Catió, Mansôa, Buba
  3. A principal atividade económica está relacionada com a exportação da castanha de caju
  4. Os recursos naturais bisauguineanos: a bauxita, a madeira, o petróleo e os fosfatos
  5. O produto interior bruto (PIB) por habitante da Guiné-Bissau é um dos mais baixos do mundo
  6. Mais do 66% da população bisauguineana vive abaixo da linha da pobreza
  7. A moeda da Guiné-Bissau é o Franco CFA
  8. A Guiné-Bissau tem fronteiras com a Guiné e o Senegal
    1. Corredor Dakar-Lagos
    2. Autoestrada Gâmbia-Senegal
  9. A Guiné-Bissau formava parte do Reino de Gabu, além de uma parte do Império do Mali

Estudar um Mestrado ou Doutoramento na EENI Global Business School (Escola de Negócios)

Estudantes bisauguineanos: matricule-se, estude online e receba o seu diploma europeu (Mestrado e Doutoramento em Negócios Internacionais) desde a Guiné-Bissau

  1. Mestrados: Negócios em África, Transporte em África, Comércio Exterior, Negócios Internacionais
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Africanos, Comércio Mundial, Logística Global

Guiné-Bissau (Estudantes bissau-guineenses, mestrados

Mestrados e Doutoramentos em Negócios Internacionais adaptados para os estudantes da Guiné-Bissau

Mais informação: Negócios na Guiné-Bissau no portal de ensino superior da EENI.

Curso Mestrado: Comércio exterior e negócios na Guiné-Bissau

 



Tweter Tweet
Envie para um amigo:

/ Contatar Whatsapp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /

Info EENI Voltar

Professores bisauguineanos da EENI Global Business School:

Fernandinho Domingos Sanca

Fernandinho Domingos Sanca, Guiné-Bissau (Professor da EENI Escola de Negócios)

Adérito Fernandes

Adérito Wilson Fernandes, Guiné-Bissau (Professor da EENI Escola de Negócios)

Negócios na África Ocidental (Comércio Exterior): Benim, Burquina Faso, Cabo Verde, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Costa do Marfim, Libéria, Mali, Níger, Nigéria, Senegal, Serra Leoa, Togo

  1. A área total bisauguineana: 36.120 quilómetros quadrados
  2. A população total bisauguineana: 1,7 milhões de pessoas
  3. Clima da Guiné-Bissau: tropical
  4. Código de telefone da Guiné-Bissau: 245
  5. Domínio da Internet bissau-guineense: .gw

Curso Mestrado: Banco de desenvolvimento África Ocidental

As regiões da República da Guiné-Bissau

A República da Guiné-Bissau divide-se em oito regiões:

Estudar (Mestrado, Doutoramento) na Guiné-Bissau

Bafatá

  1. População de Bafatá: 225.000 pessoas
  2. Área de Bafatá: 5.981 quilómetros quadrados
  3. Capital: Bafatá
  4. Setores:
    1. Bafatá
    2. Bambadinca
    3. Contuboel
    4. Galomaro
    5. Gamamundo
    6. Xitole
  5. Fronteira com o Senegal
  6. Fábrica de algodão

Biombo

  1. População de Biombo: 97.000 pessoas
  2. Área de Biombo: 838 quilómetros quadrados
  3. Capital: Quinhámel
  4. Setores:
    1. Prábis
    2. Quinhámel
    3. Safim

Bolama-Bijagos (Illes)

  1. População de Bolama-Bijagos: 34.000 pessoas
  2. Área de Bolama-Bijagos: 2.624 quilómetros quadrados
  3. Capital: Bolama
  4. Setores:
    1. Bolama
    2. Bubaque
    3. Caravela
    4. Um

Cacheu

  1. População de Cacheu: 193.000 pessoas
  2. Área de Cacheu: 5.174 quilómetros quadrados
  3. Capital: Cacheu
  4. Setores:
    1. Bigene
    2. Bula
    3. Cacheu
    4. Caió
    5. Canchungo
    6. São Domingos
  5. Fronteira com o Senegal

Gabú

  1. População de Gabú: 215.000 pessoas
  2. Área de Gabú: 9.150 quilómetros quadrados
  3. Capital: Gabú
  4. Setores:
    1. Boé
    2. Gabú
    3. Pitche
    4. Pirada
    5. Sonaco
  5. Fronteira com o Senegal

Oio

  1. População: 225.000 pessoas
  2. Área: 5.403 quilómetros quadrados
  3. Capital: Farim
  4. Setores:
    1. Bissorã
    2. Farim
    3. Mansaba
    4. Mansôa
    5. Nhacra
  5. Fronteira com o Senegal

Quinara

  1. População: 63.000 pessoas
  2. Área: 3.138 quilómetros quadrados
  3. Capital: Buba
  4. Setores:
    1. Buba
    2. Empada
    3. Fulacunda
    4. Tite

Tombali

  1. População: 95.000 pessoas
  2. Área: 3.736 quilómetros quadrados
  3. Fronteira com a Guiné
  4. Capital: Catió
  5. Setores:
    1. Bedanda
    2. Cacine
    3. Catió
    4. Komo
    5. Quebo

E o setor autónomo de Bissau

Curso Mestrado: Comércio Exterior e Negócios na Guiné-Bissau

Organizações económicas e de integração (Guiné-Bissau)

  1. A União Económica e Monetária do Oeste Africano (UEMOA)
  2. A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO)
  3. A Comunidade dos Estados Sahel-Saarianos (CEN-SAD)
  4. A Organização para a Harmonização do Direito dos Negócios em África (OHADA)

Comunidade Económica Estados África Ocidental CEDEAO: o Benim, o Burquina Faso, Cabo Verde, a Costa do Marfim, a Gâmbia, o Gana, a Guiné, a Guiné-Bissau, a Libéria, o Mali, o Níger, a Nigéria, o Senegal, a Serra Leoa e o Togo

  1. União Africana (UA)
  2. Agência de Desenvolvimento da União Africana (AUDA-NEPAD)
  3. Comissão Económica para a África (ECA)
  4. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD)

A religião na Guiné-Bissau:

  1. Islão sunita (50% da população bissau-guineense)
  2. Religiões tradicionais africanas
  3. Cristianismo (10%)

As principais línguas e etnias guineenses:

O idioma oficial da Guiné-Bissau é o português (somente o 14% da população bissau-guineense fala o português)

O idioma bissau-guineense mais falado é o Crioulo da Guiné-Bissau.

  1. O crioulo bissau-guineense está reconhecido como língua regional
  2. 90% da população guineense fala o crioulo bissau-guineense

As etnias mais importantes da Guiné-Bissau são:

  1. Os Balantes: 30% da população bissau-guineense
  2. Os Peúles: 20%
  3. Os Manjaques: 14%
  4. Os Mandingas: 13%
  5. Os Papels: 7%

História da Guiné-Bissau

  1. Século XIII: o Reino Mandinga de Gabou
  2. 1446: a chegada dos Portugueses
  3. 1869: colónia portuguesa
  4. 1953: guerra da independência (Amílcar Cabral).
  5. Revolução dos Cravos
  6. Independência da Guiné-Bissau: 1973 (Portugal)
  7. 1998 - 1999: guerra civil da Guiné-Bissau

Ensino superior EAD na Guiné-Bissau

  1. Universidade Amílcar Cabral

A Guiné-Bissau é membro do Conselho Africano e Malgaxe para o Ensino Superior (CAMES)

Mestrado negocios, comércio exterior (EAD) em inglês Guinea-Bissau Mestrados em Comércio Exterior e Negócios em francês Guinée-Bissau Estudar Mestrado negócios e comércio exterior EAD em espanhol Guinea-Bisáu



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios). Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações
N�o usamos cookies