África, Escola de Negócios EENI Business School
Comércio no Gabão, Libreville

Comércio exterior e negócios na República Gabonesa, Libreville, Port-Gentil

Fazendo negócios na República Gabonesa (África Central, Mestrados em Comércio Mundial)

O Gabão (República Gabonesa) é um país da África Central

  1. A capital política e administrativa do Gabão é Libreville
  2. Port-Gentil é a capital económica gabonesa
  3. As maiores cidades gabonesas são Libreville, Franceville, Moanda, Oyem, Mouila, Lambaréné, Koulamoutou, Makokou e Tchibanga
  4. Os principais recursos gaboneses são o petróleo, o gás, o ferro, o manganésio e os recursos florestais (madeira, 13% do PIB gabonês)
    1. O Gabão é membro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP)
    2. Os hidrocarbonetos (Port-Gentil): 50% do PIB gabonês e 80% das exportações do Gabão
    3. O Gabão é uno dos três maiores exportadores de manganésio do mundo
  5. O Gabão é considerado como um dos países africanos mais prósperos
  6. A sede da Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEEAC) está em Libreville
  7. O Gabão tem o IDH (índice de desenvolvimento humano das Nações Unidas) mais elevado da África subsaariana
  8. O Gabão compartilha fronteiras com os Camarões (298 quilómetros), a Guiné Equatorial (350 quilómetros) e a República do Congo (1.903 quilómetros)

Estudar um Mestrado ou Doutoramento na EENI Global Business School (Escola de Negócios)

Gabão: negócios internacionais, exportação Gabão: matricule-se, estude online e receba o seu diploma europeu (Mestrado e Doutoramento em Negócios Internacionais)

  1. Mestrados: Negócios em África, Transporte em África, Negócios Internacionais, Comércio Exterior, Transporte Internacional
  2. Doutoramentos (Doutorados): Negócios Africanos, Comércio Mundial, Logística Global

Estudantes gaboneses: Mestrados em Comércio Exterior e Negócios

Mais informação: Negócios no Gabão no portal de ensino superior da EENI.

  1. Mestrado Comércio exterior em Inglês Gabon
  2. Mestrado Negócios Internacionais em francês Gabon

Negócios no Gabão, Comércio Exterior

 



Tweter Tweet
Envie para um amigo:

/ Contatar Whatsapp / Contactar Skype / Contato por telefone / Print /

Info EENI Voltar
  1. O Gabão é uma República
  2. O Gabão conseguiu a sua independência da França em 1960
  3. Código de telefone do Gabão: 241
  4. Domínio da Internet do Gabão: .ga
  5. A moeda do Gabão: o Franco CFA (XAF)

Negócios na África Central (Doutoramento, mestrado) Angola, Burúndi, Camarões, República Centro-Africana, Chade, Guiné Equatorial, Gabão, Congo, República Democrática do Congo, Ruanda, São Tomé e Príncipe

  1. A população gabonesa é de 1,9 milhões de pessoas
  2. Densidade populacional do Gabão: 6,3 habitantes / quilómetros quadrados
  3. A área do Gabão é de 267.667 quilómetros quadrados
  4. Parque Nacional da Lopé (património mundial da UNESCO)
  5. 85% do território gabonês está coberto pela floresta
  6. Longitude do litoral gabonês: 885 quilómetros
  7. Monte Bengoué: 1.070 metros
  8. Os principais rios do Gabão são:
    1. Ogooué (1.200 quilómetros)
    2. Ivindo (500 quilómetros)
    3. Ngounié (300 quilómetros)
    4. Nyanga (600 quilómetros)
    5. Komo (230 quilómetros)
  9. O clima do Gabão: equatorial, cálido e húmido

Negócios no Gabão (Mestrado comércio exterior)

As províncias do Gabão

As nove regiões do Gabão são (entre parênteses a capital / população em milhares de pessoas/ área):

  1. Estuário (Libreville / 895 / 20.740)
  2. Alto Ogooué (Franceville / 250 / 36.547)
  3. Médio Ogooué (Lambaréné / 69 / 18.535)
  4. Ngounié (Mouila / 100 / 37.750)
  5. Nyanga (Tchibanga / 52 / 21.285)
  6. Ogooué-Ivindo (Makokou / 63 / 46.075)
  7. Ogooué-Lolo (Koulamoutou / 65 / 25.380)
  8. Ogooué Marítimo (Port-Gentil / 157 / 22.890)
  9. Woleu-Ntem (Oyem / 154 / 38.465)

Negócios Províncias do Gabão

Organizações económicas e de integração (Gabão)

  1. A Comunidade Económica e Monetária da África Central (CEMAC)
  2. A Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC)
  3. A Organização para a Harmonização do Direito dos Negócios em África (OHADA)
  4. A Comunidade dos Estados Sahel-Saarianos (CEN-SAD)
  5. O Banco dos Estados da África Central (BEA)
  6. A Organização Internacional da Francofonia
  7. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP)

Comunidade Económica e Monetária da África Central CEMAC: os Camarões, a República do Congo, o Gabão, a Guiné Equatorial, a República Centro-Africana e o Chade

  1. União Africana (UA)
  2. Agência de Desenvolvimento da União Africana (AUDA-NEPAD)
  3. Comissão Económica para a África (ECA)
  4. Banco Africano de Desenvolvimento (BAfD)

Comunidade Económica dos Estados da África Central CEEAC, Angola, Burúndi, Camarões, República Centro-Africana, Congo...

Transporte e logística no Gabão

Somente 10% da rede de transporte rodoviário gabonesa (9.170 quilómetros) é pavimentada.

Nenhuma rodovia liga Libreville com Port-Gentil (há que usar o transporte fluvial ou o marítimo).

A rodovia nacional 2: Ambam (Camarões), o Gabão e a Guiné Equatorial.

  1. Anonébéré, Bifoun, Alembe, Viate, Mitzic, Bibasse, Oyem, Bitam, Éboro, Camarões

Distancia do Gabão para Dolisie (República do Congo): 200 quilómetros

Portos de Libreville, Mayumba e Port-Gentil

Porto de Libreville, Porto Gentil, Mayumba (Gabão, Curso Transporte Marítimo)

A ferrovia Franceville-Libreville (transgabonês, 669 quilómetros)

  1. Exportações de minerais e de madeira da região de Franceville pelo porto de Owendo (Libreville)

Comércio Exterior e Negócios em Libreville Gabão (Mestrado)

Transporte fluvial (1.600 quilómetros) disponível desde Port-Gentil e desde o Porto de Owendo

Aeroportos internacionais:

  1. Libreville
  2. Port-Gentil
  3. Franceville

As principais etnias gabonesas:

No Gabão há mais de 50 etnias:

  1. Os Fang (32% dos gaboneses)
  2. Os Mpongwè (o Myènè, 15% dos gaboneses)
  3. Os Obamba (o Mbédé, 14%)
  4. Os Punu (12%)
  5. Outras etnias são os Guisir, os Vili, os Nzebi, os Bakota, os Vungu e os Téké

As religiões da República Gabonesa

  1. O Cristianismo (73% da população gabonesa)
    1. Os Católicos
    2. Os Protestantes
  2. O Islão (12%)
  3. Religiões tradicionais africanas

Curso Mestrado: Banco Estados da África Central

Os idiomas do Gabão

No Gabão há mais de 50 idiomas Bantus:

  1. O Baka (idioma pigmeu)

O idioma oficial do Gabão é o francês (80% da população gabonesa)

História do Gabão

  1. Fósseis (2,1 mil milhões de anos, Franceville)
  2. 400.000 anos: pegadas das primeiras oblações gabonesas
  3. 5.000 anos:
    1. primeiros habitantes conhecidos: os pigmeus
    2. Migrações Bantus (cria de gado)
  4. Primeiro milénio aC: metalurgia
  5. Séculos XI - XVIII: os Mpongwe, um grupo Bantu, instalam-se na província do Estuário
  6. Século XV: chegam os portugueses (Gabão) e os Neerlandeses
  7. Comércio de escravos (os Mpongwe)
  8. Século XIX: os Fangs (Bantus)
  9. 1886: colónia francesa. Fusionada com o Congo (Gabão-Congo)
  10. 1910: integração em África equatorial Francesa
  11. 1946: território de ultramar
  12. 1960: independência do Gabão. Léon Mba (primeiro ministro)
  13. 1967: Omar Bongo (monopartismo)
  14. 1990: multipartidário
  15. 2009: Ali Bongo (filho de Omar Bongo)

Ensino Superior no Gabão

Sistema LMD (Licenciatura, Mestrado, Doutoramento) - Ministério gabonês do Ensino Superior

  1. Licenciatura: L1 e L2
  2. Mestrado: 2 anos
  3. Doutoramento: 2 anos

As Universidades gabonesas:

  1. Universidade Omar Bongo (UOB) (Libreville)
  2. Universidade Continental de Libreville
  3. Universidade Politécnico de Kougouleu
  4. Universidade de Ciências e Técnicas de Masuku
  5. Instituto Superior de Tecnologia (IST)

O Gabão é membro do Conselho Africano e Malgaxe para o Ensino Superior (CAMES) e da Agencia Universitária da Francofonia (AUF)

Estudar mestrado Negócios Comércio Exterior em Inglês Gabon Mestrados em Comércio Exterior e Negócios em francês Gabon Estudar um mestrado negócios, Espanhol Gabón



(c) EENI Global Business School (Escola de Negócios). Devido à pandemia COVID, a EENI implementou o teletrabalho. Favor entrar em contato somente por e-mail, WhatsApp ou pelo formulário de solicitação de informações
N�o usamos cookies